Sindicato dos Práticos de Farmácia e dos Empregados no Comércio de Drogas, Medicamentos
e Produtos Farmacêuticos de Santos e Região.

SINPRAFARMAS

                  Bem vindo ao Sinprafarmas de Santos 

desaposentacao

 

Aviso: O Sinprafarmas não terá expediente no dia 20 de abril, véspera de feriado.

 

Entre Nós

Jaime Porto
Presidente Sinprafarmas BS


DESAPOSENTAÇÃO

 

desaposentação interessa a milhões de brasileiros que tiveram seus benefícios achatados por conta do famigerado fator previdenciário, que surrupia pelo menos 1/3 do valor do benefício na hora da aposentadoria.  Como os aposentados, não podem pedir uma revisão ao INSS, esses beneficiários tem optado por recorrer à Justiça. E tem obtido ganho de causa.

 

desaposentação permite a quem permaneceu trabalhando após se aposentar renunciar ao benefício que recebe para obter um novo benefício de maior valor. Com a permanência na atividade, o aposentado continua contribuindo para a Previdência, exigência da lei que, mas não tem direito à prestação alguma da Previdência Social, com exceção ao salário família e à reabilitação profissional, conforme ministra o artigo 18, § 2º, da Lei 8.213/91. 

 

A injustiça é clara: a Previdência é custeada por todos os trabalhadores, mesmo aqueles que não usufruem de seus benefícios. Assim, uma onda de ações judiciais contra o INSS invadiu os tribunais do país para garantir aos aposentados o direito de se desaposentar, pleiteando uma nova aposentadoria em termos mais vantajosos.

 

desaposentação deve ser discutida pelo trabalhador e advogado trabalhista que o orientará sobre como deve proceder. É importante que, antes de ingressar com essa medida judicial, o segurado faça uma contagem do novo tempo de contribuição, pois este se vai somar a todo período contributivo anterior e posterior à aposentadoria. Depois, é necessário fazer o cálculo do valor da nova aposentadoria para verificar se é mais vantajoso que o valor da aposentadoria que o segurado recebe atualmente, uma vez que o novo benefício seguirá a regra vigente e o famigerado fator previdenciário continua valendo.

 

O setor jurídico do Sindicato está a sua disposição para auxiliá-lo nesta questão, se este for o seu caso.

 

abril_verde_15

 

 

           economizeagua2

 


BLOG DO JAIME