Sindicato dos Práticos de Farmácia e Empregados no Comércio de Drogas, Medicamentos
e Produtos Farmacêuticos de Santos e Região.

SINPRAFARMAS

Não fique só, fique sócio

Teremos o prazer em atende-los, entre em contato
conosco:

 

Sede Santos

Rua Floriano Peixoto, 50 - 1° andar
Gonzaga - Santos
Telefone 13 3285-1661

 

SubSede São Vicente

Rua Frei Gaspar, 648
Centro - São Vicente
Telefone 13 3468-0492

 

SubSede Praia Grande

Rua Jau, 1.092 cj 25
Boqueirão - Praia Grande
Telefone 13 3302-4722

 

SubSede Peruibe

Avenida Padre Anchieta, 1.107 cjs, 24 e 26
Centro - Peruíbe
Telefone 13 3455-5125

 


     UGT Link    

Santos - Sede Oficial
CÁLCULOS NA FARMÁCIA
No balcão da farmácia freqüentemente chegam receitas médicas para as quais devemos realizar cálculos a fim de determinar as quantidades a serem administradas. Acontece  que a maioria de nós tem uma aversão natural à matemática. E agora? Chutamos um número? Pedimos ajuda aos colegas? Assumimos que não sabemos? Não. Decididamente, nenhum desses caminhos é o melhor. temos de saber fazer o cálculo.
Veremos a seguir alguns cálculos que podem ser necessários:

CÁLCULO DO VOLUME A SER ADMINISTRADO OU APLICADO
1 - A prescrição médica é: antibiótico X, 100mg. o frasco que dispomos na prateleira é de 500mg/5ml
quantos ml o paciente deverá tomar?
A primeira atitude é entender o que significa 500mg/5ml. Esta expressão quer dizer que, a cada 5ml, encontramos 500mg do antibiótico.
A segunda atitude é fazer um cálculo simples, que se chama regra de 3. Com esse cálculo, procuramos achar a proporção entre os 3  valores conhecidos e qual queremos achar. No nosso caso sabemos que a prescrição é de 100mg e o frasco tem 500mg em 5ml, então;
500mg---------------------5ml
100mg---------------------Xml
x = 100x5 = 1ml
------
500
Podemos concluir, então, que a cada 1ml temos 100mg 

2 - A prescrição médica é de 150mg e o frasco que dispomos é de 250mg/5ml
o cálculo fica assim:
250mg--------------------5ml
150mg--------------------Xml
X = 150x5 = 3ml
-------
250
Podemos concluir que a cada 3ml, temos 150mg. 
3 - A prescrição médica é de 250mg injetável de um determinado medicamento. Dispomos do medicamento em ampolas de 5ml com 500mg. Quantos ml deverá ser aplicado no paciente?
500mg------------------5ml
250mg------------------Xml
X = 250x5 = 2,5ml
-------
500
Podemos concluir que a cada 2,5ml temos 250mg

CÁLCULO DE PORCENTAGEM
Quando dizemos água boricada a 3% significa que a cada 100ml de solução, temos 3g de ácido bórico, ou seja, 3g em 100ml
quando dizemos álcool iodado 0,5%, significa que a cada 100ml de solução temos 0,5g de iodo, ou seja, 0,5g em 100ml

1 - quantos gramos de princípio ativo temos na solução 5% 200ml?
Se a solução está a 5%, temos 5g a cada 100ml
5g-------------------100ml
Xg-------------------200ml
X - 5x200 = 10g
-------
100
2 - Quantos ml de soro de glicose teremos que utilizar para administrar 30g de glicose?
Se o soro é a 10%, temos 10g a cada 100ml, como precisamos de 30g, quantos ml precisaremos?
10g-------------------100ml
30g-------------------Xml
X = 30x100 = 300ml
--------
10
3 - A prescrição médica é de 20mg de levomepromazina. O frasco contém levomepromazina 4%.
Sabemos que o frasco é 4%, ou seja, 4g em 100ml. Como a prescrição é de 20mg, inicialmente devemos transformar 4g em mg:
1g = 1000mg
4g = 4000mg
Portanto, o frasco tem 4000mg em 100ml. quantos ml correspondem a 20mg?
4000mg----------------100ml
20mg------------------ Xml
X = 20x100 = 0,5ml
--------
4000
Se a apresentação do medicamento for em gotas, normalmente na levomepromazina cada ml corresponde a 40 gotas, então quantas gotas correspondem a 0,5ml?
1ml---------------------40 gotas
0,5ml--------------------X gotas
X = 0,5x40 = 20
--------
20
Podemos concluir, que a cada 0,5ml, temos 20mg

CÁLCULO DE DOSAGEM A SER ADMINISTRADA, PARTINDO DA RELAÇÃO DOSE/PESO DO PACIENTE
Algumas vezes deparamo-nos com receitas cuja prescrição não é clara. Outras vezes, o que não está claro é quanto o paciente vai tomar, ou seja, quantos ml o paciente tomará.
Vejamos:
1 - A dose prescrita pelo médico é de 50mg/kg/dia e o paciente pesa 10kg; qual a dose diária do medicamento?
Todas as  vezes em que nos deparamos  com valores e unidades de medida entre barras como 50mg/kg, podemos substituí-las pela palavra por. Ficaria assim: 50mg por kg por dia.
Para sabermos a dose diária (24 horas), então, é só multiplicar a dosagem pelo peso, ou seja:
dose diária = dose x peso = 50x10 = 500mg por dia
Portanto o paciente deverá tomar 500mg por dia.

2 - Considerando os dados anteriores, quanto se administraria ao paciente por horário, sabendo que o paciente iria tomar o medicamento de 6/6 horas?
Se o medicamento está prescrito de 6/6 horas, então o paciente irá tomar 4 vezes por dia. Para resolvermos o problema é só dividir a dose diária por 4.
dose por horário = dose diária = 125mg por horário
------------
4
Se o medicamento fosse dado de 8/8 horas, dividiríamos a dose diária por 3.
Se o medicamento fosse dado de 12/12 horas, dividiríamos a dose diária por 2.      Voltar

3 - Ainda com os mesmos dados, acrescentando que o frasco do medicamento que dispomos contém 500mg/5ml, quantos ml seriam dados por horário?
O cálculo a ser usado agora é igual ao visto acima, ou seja:
500mg -----------------5ml
125mg------------------Xml
X = 125 x 5 = 1,25ml
---------
500
O paciente deverá tomar 1,25ml por horário.

4 - Se, no caso anterior o paciente perguntasse quantos vidros serão necessários para o tratamento todo?
antes de mais nada precisaríamos saber por quantos dias o paciente vai tomar o medicamento e qual o volume do frasco de medicamento que dispomos. Vamos supor que o paciente irá tomar o medicamento por 10 dias e o frasco tem 100ml.
O nosso cálculo será o seguinte: sabemos que o paciente irá tomar 500mg por dia, então, em 10 dias tomará quantos mg?
500mg------------------ 1 dia
Xmg---------------------10 dias

X = 500x10 = 5000mg para o tratamento todo
--------
1
Sabemos que o frasco tem 500mg/5ml então:
500mg--------------5ml
5000mg-------------Xml
X = 5000x5 = 50ml
--------
500
Se o frasco tem 100ml e o paciente tomará 50ml para o tratamento todo, então um frasco é o suficiente.

5 - A dose prescrita pelo médico é de 50mg/kg/dia a ser dada de 12/12 horas. Sabendo que a criança pesa 20kg e o frasco é de 250mg/4ml, quantos ml serão dados por horário?
5.1. Cálculo da dose diária: multiplicamos a dose pelo peso:
Dose diária = 50x20 = 1000mg por dia
5.2. Cálculo da dose por horário: divide-se a dose diária pelo número de doses ao dia:
Dose por horário = 1000 = 500mg por horário
-----
2
5.3. Cálculo de quantos ml por horário, fazendo regra de 3:
250ml----------------------5ml
500mg---------------------Xml
X = 500x5 = 10ml por horário
-------
250
6 - A dose prescrita pelo médico é de 80mg/kg/dia a ser dada de 6/6 horas por 10 dias.
Sabemos que a criança pesa 12kg e o frasco tem 160mg/5ml, volume de 100ml, quantos ml a criança tomará por horário, por dia e pelo tratamento todo?
6.1. Cálculo da dose diária: multiplicamos a dose pelo peso:
Dose diária = 80x12 = 960mg por dia
6.2. Cálculo da dose por horário: divide-se a dose diária pelo número de doses ao dia:
Dose por horário = 960 = 240mg por horário
-----
4
6.3. Cálculo de quantos ml por horário: fazendo regra de 3:
160mg-------------------- 5ml
250mg---------------------Xml
X = 240x5 = 7,5ml por horário
-------
160
6.4. Cálculo de quantos frascos: fazendo regra de 3:
960mg--------------------1 dia
Xmg-------------------- 10 dias
X = 960x10 = 9600mg para o tratamento todo
--------
1
Considerando o frasco:
160mg---------------------5ml
9600mg--------------------Xml
X = 9600x5 = 300ml, sendo portanto necessário 3 frascos
--------
160

Fonte: Âmbito Farmacêutico - atualização do balconista no 8/1998
Texto:  - Farmacêutica Ana Beatriz Castelo Branco Destruti